12/04/2022

Opções de instalação de energia solar

por seomarketing

Um fato irrevogável é que o Brasil está passando por uma enorme crise hidráulica e elétrica, o que anda resultando no aumento de instalação de energia solar nas residências, prédios e até mesmo locais industriais.

Sendo cada dia mais acessíveis, essas tecnologias se mostram muito benéficas em diversas áreas da vida dos brasileiros, principalmente na área financeira, uma vez que é possível ter uma economia de até 95% na conta de luz.

Contudo, para quem tem interesse neste sistema, precisa conhecer não somente quais são os tipos de sistemas, mas como é feita a instalação de energia solar.

Dito isso, neste artigo vamos lhe apresentar os tipos de energia solar e quais as formas de instalação das mesmas em determinados imóveis. Continue lendo e confira.

 

Sistemas de energia solar: Conheça os tipos

Entender como funciona a energia solar é extremamente importante para quem deseja investir neste sistema.

A energia solar funciona a partir das placas solares que, quando expostas à luz solar, fazem a captação do calor e da radiação, transformando essa energia em eletricidade ou em aquecimento.

Neste sentido, temos dois tipos de sistemas de energia solar, sendo eles a fotovoltaica e a energia térmica.

A energia fotovoltaica, uma das mais conhecidas e utilizadas, uma vez que seu maior benefício está na economia de eletricidade, reduzindo consideravelmente os valores gastos mensalmente.

Já a energia térmica, como o nome já traduz, é responsável por garantir o aquecimento de água de um imóvel, que é absorvido pelas placas solares que devem estar devidamente instaladas.

 

Onde realizar a instalação?

Gerar a própria energia é um benefício ótimo quando falamos de resultados a longo prazo, mas para isso, a instalação de energia solar deve ser realizada por profissionais.

Contudo, isso não quer dizer que você não precise saber como é feito tal serviço. A primeira coisa a se entender é que existem dois tipos de instalação deste sistema: no telhado e no chão. 

 

No telhado

É a opção mais viável, principalmente por ser um local que tem mais exposição ao sol. Contudo, é necessário realizar algumas avaliações para ver se é possível realizar a instalação.

 

No solo

Caso a opção acima não seja executável, a instalação poderá ser feita no solo, desde que não haja sombras ao decorrer do dia. Além de ser mais fácil, no solo é possível ter uma maior quantidade de placas do que no telhado.

 

Opções de instalação

Quando falamos de sistemas fotovoltaicos, é preciso entender que, quanto mais energia do sol as placas absorvem, mais luz ela poderá gerar.

No entanto, em dias nublados e chuvosos, a tendência é que essa energia diminua consideravelmente, ou seja, o imóvel terá menos luz. Para isso, esse sistema conta com dois suportes na sua instalação.

 

Sistema solar on-grid

É chamado de sistema on-grid aquela instalação que está diretamente conectada com a rede pública de distribuição de energia elétrica.

Este é o tipo de instalação que dá um maior suporte quando o sol não está forte, ou seja, quando a sua capacidade de gerar energia elétrica está reduzida e oferecendo pouca luz.

O sistema on-grid faz a transferência de energia restante para a rede pública de distribuição, o que resulta em um crédito para o consumidor de até 5 anos.

Uma das suas maiores vantagens é a porcentagem de eficiência. Além deste crédito citado acima, ele possui uma vantagem de 30% no que diz respeito ao outro sistema que falaremos ainda neste artigo.

Em contrapartida, o sistema on-grid não conta com armazenamento de energia, ou seja, sua conexão com a distribuidora pública se torna obrigatória, então se houver uma falha por parte da empresa, é possível que o seu imóvel também sofra com essa falha.

 

Sistema off-grid

O sistema off-grid não é tão diferente do sistema que abordamos acima, contudo, sua principal diferença é que ele não necessita de uma rede de distribuição.

Além de utilizar as suas próprias baterias, este sistema também é capaz de armazenar energias que acabam sobrando em algumas produções. 

Isso faz com que o sistema fique alimentado e com uma reserva em dias que a produção está em queda.

Com a independência de uma distribuidora, o sistema off-grid é essencial para locais remotos, como um ambiente rural, mas ele também serve para quem deseja reduzir a sua conta de luz, mesmo que no início este sistema exija um maior custo.

 

Como escolher o sistema ideal?

Para fazer a escolha na hora da instalação de energia solar, você deverá entender quais são as suas principais necessidades e quais delas fazem mais sentido para a sua realidade.

Se você deseja iniciar com um custo mais baixo, por exemplo, certamente o sistema on-grid terá uma ótima performance, assim como quem deseja ter mais comodidade vai se adaptar muito bem ao sistema off-grid.

 

Com a Market Solar você tira todas as suas dúvidas sobre energia solar.

Faça sua Simulação e encontre o melhor instalador para você!
© Copyright 2021 - Market Solar - All Rights Reserved
Termos e condições de uso