07/07/2022

Os principais tipos de energia renováveis

por seomarketing

Em algum momento você já imaginou como seria o mundo sem energia elétrica? Embora não seja uma realidade tão distante dos dias atuais, é quase impensável cogitar a possibilidade de voltar para essa condição. 

Contudo, essa pode não ser uma possibilidade tão remota se considerarmos que o uso de combustíveis fósseis tem provocado danos irreversíveis à natureza, o que no futuro, pode nos trazer graves consequências. 

Diante dessa realidade, muitos governos têm promovido o uso de energia renovável para abastecer redes elétricas, visando reduzir os impactos no meio ambiente e contribuir para uma melhora significativa na qualidade de vida da população. 

 

O que são fontes renováveis de energia?

Mas afinal, o que são as fontes de energia renovável e quais benefícios elas podem trazer a longo prazo? São justamente essas perguntas que iremos responder no conteúdo de hoje. 

Em linhas gerais, podemos definir as fontes renováveis de energia como recursos energéticos encontrados na natureza com capacidade de renovação rápida, cuja resposta de retorno é tão ou mais rápida do que podemos consumir. 

Consideradas inesgotáveis, são facilmente transformadas em energia elétrica e podem ser extraídas de forma mais consciente, sem que isso resulte em agressões ao meio ambiente, como é o caso do modelo de energia tradicional que conhecemos atualmente.

 

Quais são as fontes de energia renováveis mais utilizadas

Embora existam uma série de fontes de energia renováveis disponíveis, algumas dessas fontes se destacam mais do que as outras em termos de capacidade energética, facilidade de extração, dentre outros fatores. 

 

Energia Solar

Por último mas não menos importante, temos como uma das principais fontes de energia renovável a energia solar

Como o próprio nome sugere, trata-se de uma energia produzida a partir do calor e dos raios de sol. Com equipamentos específicos para captação, transformação e armazenagem da energia, esse sistema tem ganhado cada vez mais espaço no mercado mundial. 

Só para se ter uma ideia, o Brasil ocupa a 4ª posição no ranking dos países que mais cresceram na produção de energia solar do mundo, num cenário em que as usinas solares fotovoltaicas representam 2,6% da geração centralizada no país.

Grande parte desse crescimento pode ser atribuído ao fato de que cada vez mais pessoas estão conhecendo os benefícios de ter um sistema de energia solar em seus imóveis - sejam eles residenciais ou comerciais. 

Para além da contribuição com o meio ambiente, as vantagens associadas ao uso de energia solar, como a redução expressiva na conta de luz, a economia a longo prazo e os baixos custos com manutenção são vistas como um investimento pelos consumidores. 

Vale ressaltar que a tendência é que durante os próximos anos, os avanços na área sejam ainda mais expressivos considerando que a busca por informação sobre o assunto está cada vez maior, assim como a  procura por soluções inteligentes e sustentáveis.

 

Energia Eólica

Obtida por meio da transformação da energia cinética dos ventos em elétrica, a energia eólica é muito comum nas regiões sul e nordeste do Brasil, devido a constante incidência de ventos nessas localidades. 

Para que ocorra a transformação em energia elétrica, são necessários aerogeradores, equipamentos com grandes hélices que se movimentam de acordo com a quantidade de vento, processo que gera energia mecânica e a transporta para um gerador elétrico.

 

Energia Hídrica 

Já a energia hídrica é produzida a partir do aproveitamento das águas dos rios, responsáveis por movimentar turbinas que transformam a energia potencial (proveniente da água) em energia mecânica e, por fim, em elétrica.  

Ainda que seja considerada uma fonte de energia renovável inesgotável, esse tipo de recurso é variável, levando em conta que depende das chuvas para que a quantidade de água seja suficiente para cumprir sua função. 

Para isso, são criados reservatórios especiais, que ficam responsáveis por acumular uma determinada quantidade de água para que possa ser usada durante os períodos mais críticos de seca. 

Trata-se de uma tecnologia madura, presente em inúmeros países que a utilizam como fonte de energia principal. Apenas para se ter uma ideia, as usinas hidrelétricas são responsáveis por quase 60% da matriz elétrica do Brasil.

 

Biomassa

Considerada uma das fontes de energia mais antigas usadas pelo homem, a biomassa consiste basicamente em toda matéria orgânica e vegetal que, após sua decomposição, tem a capacidade de produzir os gases responsáveis por gerar energia. 

É por meio da produção de calor proveniente da queima direta de tais recursos que esse tipo de energia renovável é capaz de aquecer água, acionar turbinas e geradores elétricos. 

Em território nacional, o recurso mais comum utilizado para tal função é a cana-de-açúcar, que é plantada e processada nas regiões sudeste e centro-oeste do país. 

 

Energia Geotérmica

Também conhecida como energia geotermal, trata-se de uma fonte de energia inesgotável, limpa e renovável extraída a partir do calor produzido no interior da Terra. 

O processo para sua captação e transformação em energia elétrica é complexo, feito a partir de uma perfuração no subsolo das centrais geométricas, onde há grande quantidade de vapor e água quente, retirados por um duto e conduzidos ao gerador de energia. 

Por se tratar de uma atividade mais específica, esse tipo de recurso é utilizado em regiões com alta atividade vulcânica ou encontros de placas tectônicas.

Faça sua Simulação e encontre o melhor instalador para você!
© Copyright 2021 - Market Solar - All Rights Reserved
Termos e condições de uso