16/06/2022

Por que a energia solar vem ganhando destaque no Brasil?

por seomarketing

A energia solar sempre foi muito discutida, assim como seus benefícios sempre foram muito atraentes, pois vão desde a diminuição da conta de luz em até 95% até as diversas vantagens ambientais. 

Limpa, renovável e muito econômica, essa energia é colocada na balança, superior à energia comum proveniente das hidrelétricas, porém, ainda que esse cenário esteja mudando, precisa de um investimento relativamente alto. 

E por mais que valha muito a pena a médio e longo prazo, ainda não é tão acessível a todos. Porém, desde o ano de 2020, o mercado de empresas solares fomentou dezenas de bilhões de reais, por conta do aumento de pessoas adquirindo seus serviços. 

No ano da pandemia, onde muitas indústrias tiveram queda, a procura pela energia atingiu mais de 200%, mas a que se deve isso? 

Para saber, continue lendo e entenda os motivos e como esse sistema é vantajoso em vários sentidos. 

 

O crescimento a partir de 2020

A cada ano que passa, as contas de luz estão vindo com valores que assustam cada vez mais os consumidores. 

Na pandemia, quando a população se viu obrigada a ficar em casa e o tempo utilizando a energia da residência aumentou, consequentemente, a fatura também teve uma alta ainda maior.   

Além disso, a falta de matéria-prima que gerou uma crise mundial em diversos setores, também afetou a energia elétrica, e é claro, seus preços. 

Desde então, não foi apenas a conta que aumentou, mas a procura pelo sistema de energia solar também.  

 

Parâmetros 

Conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), houve um crescimento muito alto desse sistema, a ponto de movimentar o mercado de forma bem significativa, gerando R$4,8 bilhões em ganhos e 15 mil profissionais especializados. 

Isso tudo corresponde a mais de 110 mil projetos solares instalados, que significam um aumento de mais de 200% em relação aos anos anteriores. Assim, o Brasil ocupou o 14° lugar de país mais potente em relação à energia solar, com 7,8 GW. 

Em 2018, apenas dois anos antes, era de apenas 1,19 GW. Esse é um aumento, que além de considerável, também é positivo, pois se trata de um sistema vantajoso em relação à energia elétrica. 

Em 2021, segundo a ABSOLAR, atingiu-se a marca de 10,42 GW de potência, e no primeiro semestre, já era de 7,47 GW. 

Mas essa crescente deve-se apenas ao aumento da conta de luz? 

 

Motivos que impactam esse crescimento 

Crise hídrica 

O país viveu uma de suas maiores crises hídricas durante os anos de 2020 e 2021 e sofreu com a falta de chuva e todas as suas consequências. Entre elas, a seca que prejudica a produção de energia através de hidrelétricas, as maiores responsáveis pela energia elétrica do país. 

Em algumas regiões, os níveis dos reservatórios chegaram a ser diminuídos em até 70%. E sem a principal fonte que esse sistema precisa para funcionar, consequentemente ele encarece. 

Essa crise, aumentou a conta de energia elétrica e fez com que os brasileiros procurassem outro sistema, assim como a energia solar, que vence a hidrelétrica tanto em reduzir a fatura, como em ter uma fonte inesgotável e diária, que é o caso do sol. 

 

Inflação energética 

Além da crise hídrica, alguns outros fatores resultam na inflação dos valores da energia, e assim como as chuvas, ninguém prevê ou previne. Pelo contrário, acontecem de forma inesperada e os valores inflam sem estarmos com os bolsos preparados. 

Na verdade, a inflação é a maior responsável pelo aumento da procura pela energia gerada pelo sol. 

O coronavírus também foi um dos responsáveis por esse aumento, quando as distribuidoras de energia realizaram um empréstimo de mais de R$15 bilhões para pagar as geradoras. 

E sobre a inflação, não há uma previsão de queda, pois ainda neste ano, 2022, a elevação pode chegar a 21%, de acordo com a Aneel. 

 

Clima favorável 

Além dessas questões, que tem a ver com o aumento da conta de luz, outros fatores colaboram com a alta procura do sistema de energia solar

O clima tropical do Brasil é muito favorável, pois na maioria do tempo e das regiões, o sol predomina e isso faz com que a incidência de raios solares seja grande.

As características dos países tropicais favorecem a produção de energia pelas placas solares, pois quanto maiores forem as temperaturas, maiores os raios e, então, a captação de energia aumenta. 

 

Queda de preço no projeto de sistema de energia solar 

Se comparado a alguns anos atrás, custear um projeto solar está mais barato atualmente. Apesar de ainda não ser totalmente acessível como a energia mais comum, a queda do preço dos equipamentos é um fator que ajudou a diminuir os preços.

Por esse motivo, investir em um projeto assim está cada vez mais atraente. A manutenção também possui um custo benefício excelente, e os painéis ainda tem, em média, 25 anos de garantia de geração em até 80% de sua capacidade de fábrica.

 

Linha de financiamento 

Você sabia que, além disso, é ainda mais fácil contratar uma empresa solar? Isso porque já é possível arcar com os custos do projeto através de financiamento. 

Como a procura está crescendo, as empresas estão se adequando a isso, e muitas oferecem essa condição, e dão uma linha de crédito que arca com até 100% do valor com prazo para quitar  de até 120 meses. 

Desse modo, a crescente será ainda maior e sem prazo para acabar, pois, quanto mais acessível, maior serão as pessoas beneficiadas. 

Que tal simular um projeto de energia solar? Agora que sabe um pouco mais sobre a energia solar, é hora de saber sobre os custos, e é claro, entrar em contato conosco para lhe auxiliar em todas as etapas do processo. 

Faça sua Simulação e encontre o melhor instalador para você!
© Copyright 2021 - Market Solar - All Rights Reserved
Termos e condições de uso