26/05/2022

Quais são os tipos de inversores solares?

por seomarketing

Com o aumento expressivo das tarifas de energia nos últimos anos, muitos brasileiros têm buscado alternativas economicamente mais viáveis para o abastecimento energético de suas residências e estabelecimentos comerciais.

Dentre as diferentes opções encontradas, há uma em específico que tem ganhado força atualmente, justamente por cumprir os requisitos essenciais no que diz respeito ao custo-benefício a longo prazo: o uso de energia solar

Embora não seja uma tecnologia recente, a captação de recursos renováveis para o abastecimento de energia se popularizou nos últimos anos e culminou em um movimento da população, que está buscando mais conhecimento no assunto. 

Uma das principais dúvidas que surgem neste processo está relacionada aos tipos de inversores solares, equipamento indispensável para o funcionamento do projeto de energia solar. 

 

Mas afinal, o que é um projeto de energia solar?

Antes de conhecer os detalhes que envolvem o funcionamento do sistema, é importante compreender o que de fato é um projeto de energia solar

Basicamente, estamos falando da captação da radiação solar e da sua transformação em energia elétrica. Este processo acontece por intermédio de um sistema, que precisa ser projetado por um profissional especializado no assunto. 

Isso porque, ele é quem deverá analisar as necessidades energéticas do local onde o projeto será instalado, bem como realizar os cálculos técnicos de potência para recomendar a quantidade de módulos mais adequada. 

Além disso, também é de responsabilidade do projetista, identificar quais são os melhores equipamentos, analisar as faturas e determinar qual o valor de investimento e, igualmente, estimar o retorno financeiro que o projeto trará ao consumidor. 

 

Como é feito o projeto de energia solar?

Após realizar o mapeamento da área e calcular o rendimento energético para cada tipo de instalação, o projetista precisará avaliar o consumo médio de energia do imóvel para definir qual sistema fotovoltaico é o mais indicado para cada caso em específico. 

Residências e imóveis que possuem um alto gasto energético, como o uso constante de aparelhos de ar-condicionado, equipamentos eletrônicos ligados por longos períodos e até mesmo o uso de máquinas demandam um tipo de sistema. 

Já os imóveis com baixo consumo e poucos equipamentos ligados durante o dia podem receber um sistema bem menor, o que deve ser levado em consideração ainda na fase inicial.

Com essas informações em mãos, o profissional responsável em conjunto com o cliente, faz a escolha do kit de energia solar que vai compor o projeto. 

Esse conjunto de equipamentos consiste em painéis solares fotovoltaicos - usados para captar a energia -, inversor solar - feito para converter a energia gerada de corrente contínua (CC) para corrente alternada (CA) e caixa de junção - usada para proteger o sistema. 

Ademais, os kits ainda contam com toda estrutura para montagem, fixação e cabeamento para conectá-los à rede.

 

Quais os tipos de inversores solares?

Como explicamos anteriormente, os inversores solares são parte fundamental para o funcionamento de um sistema de energia solar

Responsáveis por fazer a conversão da energia e possibilitar que ela seja consumida, podem ser encontrados em três versões diferentes no mercado. 

 

Inversor on grid 

Trata-se de um dos modelos mais utilizados no Brasil e no mundo. Esse tipo de inversor cumpre a função de conectar um sistema fotovoltaico à rede de distribuição da residência ou imóvel, sincronizando a tensão de saída (V) e a frequência (Hz). 

Como diferencial, o inversor on grid possui desligamento automático programado para caso ocorra o interrompimento ou queda de energia, evitando curtos e outros problemas relacionados.

 

Inversor off grid 

Como o próprio nome sugere, o inversor solar off grid funciona desconectado da rede elétrica e é indicado para instalação em regiões com pouco ou nenhum acesso ao sistema de distribuição de energia. 

Embora apresentem um custo relativamente mais alto em relação ao modelo on grid, são mais completos e contam com sistema de armazenamento de energia, o que em determinadas situações pode ser uma grande vantagem.

 

Inversor Híbrido

Por último, mas não menos importante, há o inversor solar híbrido, que funciona tanto conectado à rede, quanto de forma isolada dela. 

Devido à sua dupla função, apresenta inúmeras vantagens para quem opta por esse tipo de equipamento para compor seu sistema de energia solar. 

Além de otimizar a energia produzida, esse tipo de inversor solar ajuda a manter o funcionamento da rede elétrica mesmo diante de quedas e interrupção no fornecimento geral, garantindo que seu imóvel nunca fique desabastecido.

 

Qual o tipo de inversor ideal para o meu projeto?

Quem vai determinar qual o tipo de inversor solar mais indicado para seu sistema de energia solar, é justamente o profissional capacitado para planejar e executar o seu projeto. 

Isso porque, conforme explicamos acima, é preciso realizar uma análise aprofundada do imóvel, bem como levar em consideração questões relacionadas à disponibilidade financeira, dentre outros fatores. 

O mais indicado, é contratar um projetista de confiança, a fim de obter informações mais precisas para que seu investimento seja bem sucedido e você possa desfrutar de todos os benefícios que essa escolha lhe trará.

 

Faça sua Simulação e encontre o melhor instalador para você!
© Copyright 2021 - Market Solar - All Rights Reserved
Termos e condições de uso